Pedir o divórcio no facebook já parece ser possível

Pedidos de divórcio por Facebook

Pedir o divórcio por facebook já parece ser possível

Até há pouco tempo, o facebook servia para pedir amizades, fazer publicações, pôr likes nas fotos e tal…muitas coisas, mas pedir o divórcio?! Essa é nova!

Ellanora Baidoo, não consegue que o marido seja notificado acerca do divórcio e o magistrado Mattheu Cooper, do Supremo Tribunal de Manhattan, deixou que o facebook servisse de plataforma de ligação para acabar então com este casamento.

Segundo se sabe, o marido ainda não aceitou este pedido.

Bom, esta senhora conseguiu algo de muito diferente na justiça dos Estados Unidos e de outro país qualquer. Ela pode notificar o marido, Victor Sena Blood-Dzraku, do processo de divórcio do casal através da tão conhecida rede social: o facebook.

E como é que isto se tornou possível? Ellanora queixou-se no Supremo Tribunal que não conseguia contactar o marido para lhe pedir o divórcio.

A mulher tentou várias vezes entregar os papéis do divórcio mas ele (o marido fugitivo!) não está a facilitar este processo. Cartas é impossível enviar pois a última morada conhecida do homem deixou de estar actualizada em 2011. Também Ellanora não sabe o seu local de trabalho (isto se o homem trabalhar nalgum lado!). Vejam lá o desespero desta senhora que ela chegou mesmo a contratar um detective privado para tentar encontrar o seu futuro ex-marido. Missão impossível! Ela quer ver-se livre dele à força!

Bom com tanta falta de contactos, o único que ela conseguiu foi através do facebook (afinal há coisas boas nesta rede social!) e através de telefone.

Assim, o juiz do Supremo Tribunal aceitou que tentassem contactar o homem e notificá-lo através do facebook. Ele definiu mesmo uma periodicidade do envio das mensagens nesta plataforma! Poderá ser feita uma vez por semana!

“Este trâmite deve ser repetido pelo advogado uma vez por semana, durante três semanas, ou até que o réu tome conhecimento”, realça o juiz.

Sabem qual é o verdadeiro problema? É que, para variar, Victor ainda não se deu ao trabalho de responder.

De acordo com Andrew Spinell, advogado da mulher, Victor e Ellanora casaram em 2009. No entanto, os desentendimentos não demoraram a chegar.

O marido recusou-se a cumprir uma promessa que fizera: oficializar o casamento com uma cerimónia tradicional, no Gana, país natal do casal.

E acreditam que este foi mesmo este o motivo da separação? A enfermeira (profissão de Ellanora) fazia questão de cumprir a tradição e ter os familiares na cerimónia.

Vá até tem lógica ela querer a família e tal mas daí a acabar com o casamento…esta malta agora é muito indecisa e muito impulsiva!

 

Unknown source

 

Leave a reply