Perdeu a carteira? Não faz mal, daqui a 14 anos ela volta!

jerkovic

Foi o que aconteceu a um homem croata! E que homem sortudo!

Bem, bem, bem…vocês pensam: “como assim recuperar a carteira? 14 anos depois?” Isto não é normal… não é normal e na situação que aconteceu!

Então não é que um croata recebeu uma encomenda em casa que trazia uma verdadeira surpresa?! O homem ficou de queixo caído! E porquê?

Porque dentro da encomenda tinha a carteira que ele tinha perdido há 14 anos. Não foi ontem, nem na semana passada… foi há 14 anos! Mais de uma década! E diga-se que dentro da carteira vinham todos os documentos e o dinheiro que ele tinha na altura! Esse dinheiro e muito mais! Isto é sério! Quem é a alma caridosa que fez isto?

Apostamos que agora estão todos a pensar se já perderam a carteira alguma vez e se um dia isto vos vai acontecer. Mas não pensem muito porque de certeza que isto não vai acontecer a nenhum de nós… é mais um daqueles casos que só acontece aos outros! Essa é que é a verdade.

“Não acredito no que aconteceu desde que recebi a encomenda há alguns dias. Pensei que se tratava de uma partida”, contou o agora sortudo Ivica Jerkovic, verdadeiro dono da carteira.

O homem tinha perdido a carteira no mesmo dia em que foi ao banco levantar dinheiro para pagar umas obras que tinha feito em casa. Nesse mesmo dia, Jerkovic esteve com um grupo de amigos numa festa e levou um amigo, que ficou doente, às urgências.

Agora vem a parte mais emocionante! O dinheiro na carteira. Pois, a carteira não vinha vazia. Muito pelo contrário! Trazia o dinheiro que estava quando a mesma foi perdida e mais algum. Há 14 anos, quando este homem perdeu a sua querida carteira, ele tinha guardado 440€ (corresponde a 2000 marcos alemães na altura!)! Mas agora, quando ele abriu a carteira não havia lá dentro apenas os 440€….não!!! Tinha 1440€! Mais mil euros! Vão dizer-nos que o dinheiro se multiplicou? Se sim, digam-nos como isso se faz que nós queremos muito saber!

“Não podia imaginar um melhor presente de Páscoa. Se comparar este montante com os 2.000 marcos alemães, o remetente enviou-me a quantia, mas também os juros destes 14 anos”, disse Jerkovic.

Segundo a teoria do dono da carteira, a pessoa que encontrou a bolsa na altura devia ter dificuldades financeiras ou passava por uma altura menos boa no que toca à economia. Então ele diz: “Suponho que o dinheiro terá salvado essa pessoa, (…) fez depois os cálculos sobre os anos que passaram para me devolver a quantia justa”. A pessoa que devolveu a carteira com os documentos todos e com o dinheiro manteve-se no anonimato e Jerkovic não sabe de quem se trata.

Olhem no meio disto tudo o que temos a dizer é que afinal ainda há pessoas muito justas neste mundo meio sujo!

Se vos acontecesse isto que fariam? Devolviam a carteira ou esqueciam o assunto? É de ficar a pensar!

Unknown source

 

Leave a reply