Fica impedido de voar depois de ter feito um comentário no Twitter

avião

Chris Roberts é o fundador da empresa de segurança informática One World Labs e não é que o menino se armou em engraçadinho e apanhou uma barra? Foi impedido de viajar pela companhia aérea United.

O homem fez  uma publicação no Twitter em que perguntava aos seus seguidores se durante o voo devia mexer nos sistemas de segurança do avião, soando os alarmes nas zonas de passageiros e activando as máscaras de oxigénio e fazer mais coisas muito ‘engraçadas’. Claro, tudo isto tem uma graça maluca!

Chris devia ter dado uma conferência em São Francisco, mas como ficou impedido de viajar ficou apenas a ver os aviões passar. Ele foi impedido de embarcar e ainda foi interrogado pelo FBI. Bem, isto quase que parece um episódio de alguma série policial!

Claro que Chris Roberts viu o seu computador ser confiscado sob a suspeita de que este doido conseguisse aceder aos sistemas de segurança dos aviões.

Este homem que é analista de segurança informática já fez no passado várias afirmações onde alertava as pessoas para a facilidade que havia em aceder aos sistemas informáticos dos aviões em pleno voo! Ou seja ele queria alertar que os doidos andam à solta e que é super fácil mandar um avião pelos ares!

“Tomámos esta decisão porque o senhor Roberts fez comentários sobre ter mexido em equipamento aéreo, que é uma violação da política da United e algo com que os nossos clientes não têm de lidar”, declarou um porta-voz da United à BBC.

Mais alguém sabe como mexer na segurança dos aviões? Qualquer dia não andamos de avião com medo dos doidos que andam por aí.

Unknown source

 

Leave a reply